Proteja vidas e patrimônios, faça a manutenção preventiva do sistema de detecção e alarme de incêndio!  

Proteja vidas e patrimônios, faça a manutenção preventiva do sistema de detecção e alarme de incêndio!   

De acordo com Dados do Instituto Sprinkler Brasil – ISB, em 2020, foram contabilizadas 1244 ocorrências de incêndios estruturais noticiados pela imprensa. Os empreendimentos comerciais foram os que mais registraram ocorrências, seguidos por depósitos.

Você sabia que muitas ocorrências e sinistros poderiam ser de menor proporção ou até mesmo evitados se o sistema de detecção e alarme de incêndio estivesse em pleno funcionamento?

Você pode complementar a leitura acessando: As diferenças entre manutenção preventiva e corretiva.”

 

O que você precisa saber sobre manutenção preventiva!

Infelizmente, algumas pessoas negligenciam o item 10 da norma ABNT 17240/2010, que fala sobre a manutenção preventiva do sistema de detecção e alarme de incêndio, colocando em risco vidas e patrimônios.

Na manutenção preventiva são realizados ensaios periódicos de funcionamento, diagnóstico, calibragem, regulação, e limpeza de todos os equipamentos que compõem o sistema de detecção e alarme de incêndio, mantendo o sistema em perfeito funcionamento.

Já a manutenção corretiva tem como objetivo corrigir as falhas que surgem no sistema.

Seja preventiva ou corretiva, as manutenções devem ser realizadas por técnicos capacitados para executarem a tarefa, e após a realização do serviço, eles devem apresentar um laudo informando sobre o funcionamento do sistema.

Ainda de acordo com a ABNT 17240/2010 a periodicidade para as manutenções preventivas não devem ultrapassar três meses.

 

Atenção!  A manutenção dos detectores deve ser feita com ensaio funcional de 25% dos detectores instalados.

 

Roteiro mínimo de atividades que a manutenção preventiva deve conter

 

  • Verificação do estado e carga das baterias;
  • Medições de tensão da fonte de alimentação e dos circuitos de detecção;
  • Ensaio funcional por amostragem de 25% dos detectores instalados;
  • Ensaio funcional dos demais periféricos;
  • Verificação geral dos demais componentes;
  • Ensaio funcional de todos os comandos (automações);
  • Verificação de danos na rede de eletrodutos e fiação.

 

A manutenção preventiva é normativa – ABNT NBR 17240/2010 e reforçamos que elas devem ser realizadas por técnicos habilitados e treinados.

Se necessário, a limpeza dos componentes do SDAI deve ser realizada a cada atividade de manutenção.

Além das manutenções, sempre tenha certeza de adquirir equipamentos de qualidade comprovada e de empresas de confiança.

As manutenções do sistema de detecção de alarme de incêndio da sua empresa ou dos seus clientes, está em dia?

 

 

A SKYFIRE há mais de 15 anos fornece equipamentos para sistema de detecção e alarme de incêndio que seguem o padrão europeu de qualidade (Conformidade Europeia – CE) e com alta tecnologia aplicada, estamos 100% em conformidade com a Norma Brasileira ABNT NBR 17240/2010.

Acesse o nosso site e conheça a nosso portfólio de soluções para sistema detecção e alarme de incêndio.

 

Conta pra gente quais são as suas experiências ou dúvidas sobre a manutenção do sistema de detecção e alarme de incêndio! 🙂

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *