Receba dicas grátis!

Sistemas endereçáveis X sistemas convencionais: qual a melhor opção para sua central de alarme de incêndio

A central de alarme de incêndio é um dos elementos mais importantes em qualquer edificação. Ela garante a proteção das pessoas e um acionamento rápido em caso de um foco de fogo ou fumaça.

Para tanto é necessário contar com um sistema completo, com detectores e outros dispositivos. Para garantir a identificação rápida em uma emergência, a central demonstra no painel o “endereço” do equipamento acionado, sem dificuldades.

Nesse cenário, existem os sistemas endereçáveis e os convencionais. Com características distintas, devem ser escolhidos corretamente. Por isso, veja qual é a melhor alternativa para a sua central de alarme de incêndio e tire as dúvidas!

Como funcionam os sistemas convencionais

Os sistemas convencionais são, geralmente, os mais utilizados e adequados para projetos mais simples, com ambientes que possuem áreas menores e menos dispositivos. É uma solução que permite o monitoramento da área delimitado por zonas e/ou setores.

Normalmente o sistema convencional é composto por uma central de alarme de incêndio somada a detectores e/ou acionadores, cada um destes fica responsável pela cobertura de uma determinada área e/ou setor.

Lembrando que os sistemas convencionais exigem manutenção periódica, pois eles não detectam falhas e nem defeitos nos dispositivos (detectores e acionadores) de forma automática.

E os sistemas endereçáveis

Já os sistemas endereçáveis são denominados desta forma, pois a sua aplicação permite que cada dispositivo receba um “endereço”. Sendo assim, a central de alarme de incêndio da SKYFIRE geralmente é utilizada em pequenos, médios e grandes ambientes, devido a sua tecnologia aplicada, possibilitando uma atuação rápida e eficiente, uma vez que a central indica no display o dispositivo acionado.

A central consegue “conversar” com cada dispositivo de maneira rápida e individual, mantendo controle sobre aqueles que estão ativos, bem como indicando as possíveis falhas no sistema. Deve-se lembrar que os sistemas endereçáveis utilizam protocolos proprietários, ou seja, os dispositivos instalados devem possuir o mesmo tipo de comunicação.

Qual é a melhor alternativa para a central de alarme de incêndio?

Quando se fala em proteção contra incêndios, a central endereçável ajuda na identificação do problema, pois sua ação é rápida e precisa. Portanto, contar com informações confiáveis é determinante na preservação de vidas e do patrimônio.

Sendo assim, ambientes menores e que utilizam pequenas quantidades de equipamentos podem recorrer ao sistema convencional. No entanto, é importante ter atenção, haja vista que apesar de ser uma solução mais em conta, ela tem sido substituída por sistemas mais inteligentes. Ou seja, em muitos casos vale a pena optar por um sistema endereçável, mesmo que nem todos os pontos sejam utilizados.

Caso ainda tenha dúvidas sobre esse tema, use o espaço nos comentários e não deixe de participar.

Adicionar comentário