Receba dicas grátis!

Prevenção de incêndio: 5 itens obrigatórios que todo sistema de detecção de incêndio deve ter

detecção e alarme de incêndio

De nada adianta contar com um sistema de detecção e alarme de incêndio em um estabelecimento comercial, industrial ou residencial, se ele não estiver completo. Se um equipamento estiver “desprogramado ou desativado”, as consequências podem ser desastrosas.

1. Central de alarme

A central de alarme inteligente é o item mais importante em um sistema de detecção e alarme de incêndio. É este equipamento que recebe informações a respeito das condições dos sensores, dos módulos e ativa os sinalizadores e automações em casos de emergência.

A central também é responsável por toda análise do sistema, processo este, que verifica se a instalação apresenta possíveis falhas. Cabeamento rompido, curto-circuito e anormalidades do tipo são imediatamente identificadas, para que o ambiente permaneça com total proteção.

2. Detectores de incêndio

É função dos detectores de incêndio monitorar as condições do ambiente. Através desta funcionalidade, é que a prevenção de incêndio se torna eficaz, pois ela aponta focos de fogo com rapidez e precisão.

Eles devem estar devidamente conectados à central de alarme, e isso requer apenas uma instalação através de cabeamento. Se houver qualquer rompimento do circuito, a comunicação não é enviada para ativar o disparo e possíveis automações, caso existam. Por isso é preciso ter muita atenção no procedimento.

3. Acionadores manuais

O sistema de detecção e alarme de incêndio também precisa contar com acionadores manuais. Esses dispositivos devem ser instalados em pontos estratégicos da área protegida pelo sistema, para que qualquer pessoa possa ativá-los quando o foco de incêndio não for identificado automaticamente.

4. Sinalizadores

Os avisadores sonoros e/ou visuais do sistema de detecção e alarme de incêndio devem ser instalados em quantidades suficientes, nos locais que permitam sua visualização e/ou audição, em qualquer ponto do ambiente no qual estão instalados, sem impedir a comunicação verbal próximo do local de instalação.

5. Módulos de entrada e saída

O módulo de entrada ou saída é usado para monitorar qualquer sinal de contato seco dos dispositivos de campo, como os indicadores de fluxo de água, válvulas de sinal, interruptores de pressão, aciona-bombas, sirenes convencionais, quando este disparar ou for acionado. Em seguida, transmite o sinal que recebeu para o sistema de detecção e alarme de incêndio.

E você. Está com todos os equipamentos em dia? Você cuida da manutenção para que todo o sistema funcione com segurança? Comente abaixo!

Adicionar comentário