Receba dicas grátis!

Como realizar um projeto de segurança contra incêndio?

Os números de focos de incêndio registrados neste ano, só no estado de São Paulo, são alarmantes. Segundo o site de notícias G1, até o mês de julho de 2018, a quantidade bateu e superou os números do mesmo período do ano passado: foram 1.240 registros, contra 619 do ano passado.

Esse é só mais um motivo para justificar a necessidade de se precaver contra incêndios, especialmente em estabelecimentos comerciais. Por isso, descubra o que é um projeto de segurança contra incêndio e para que serve esse documento.

Afinal, o que é um projeto de segurança contra incêndio?

Se você está pensando em abrir um estabelecimento comercial, atenção: para que esse local tenha a permissão para funcionar, será preciso garantir um projeto de segurança contra incêndio.

Esse documento serve para garantir a segurança das pessoas que venham a frequentar esse local e é exigido para obtenção/ renovação do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Como funciona o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB)?

O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (A. V. C. B.) é um documento com a função de atestar, após a respectiva vistoria, que a edificação atende as normas de segurança contra incêndio previstas pela legislação.

Afinal, acidentes podem acontecer em qualquer lugar, mas é preciso garantir que o seu estabelecimento é seguro de acordo com as características específicas da edificação.

E como realizar um projeto de segurança contra incêndio?

Fazer esse projeto pode ser complicado ou pode ser simples. Tudo depende da empresa escolhida para a sua elaboração. Empresas consolidadas no mercado sabem quais são as normas e como segui-las à risca para que o projeto seja aprovado rapidamente.

Mas se você contratar uma empresa inexperiente a dor de cabeça pode ser grande, e os custos também. Para se ter ideia, segundo o portal de notícias Campo Grande News, no estado do Mato Grosso, o Corpo de Bombeiros já chegou a reprovar 75% dos projetos contra incêndio. O motivo? Falta de adequação e esquecimento de exigências básicas.

Segundo o Coronel, raramente os projetos são aprovados logo na primeira tentativa. Muitas vezes, alguns pontos imprescindíveis são deixados de lado. Com isso, existem casos onde o interessado até desiste de tentar. Complicado, não é mesmo?

Entre os pontos analisados no projeto, cerca de 23 tópicos de segurança são avaliados. Nesse número, estão incluídos itens como: iluminação de emergência, sinalização, extintores, hidrantes, sprinklers, detectores de fumaça, de chamas, entre outros.

Como vimos, na hora de executar o seu projeto de segurança contra incêndio utilize o que há de melhor disponível no mercado. A partir das informações deste artigo, o seu projeto, certamente, será o melhor!

Procurando por fornecedores de qualidade para equipar o seu estabelecimento de acordo com as normas exigidas pelo corpo de bombeiros? A Skyfire possui produtos e sistemas inteligentes no combate ao incêndio. E mais: tudo é entregue em até 48 horas, possui 3 anos de garantia e, ainda, acompanhamento técnico.

Adicionar comentário