Receba dicas grátis!

Como funciona o detector de fumaça e qual sua importância na prevenção de incêndios

Manter um sistema que atue na prevenção de incêndios é fator obrigatório em qualquer estabelecimento. Para que ele funcione de forma eficiente, é necessário que esteja completo.

Isso significa que, além de central de alarme, acionadores, sinalizadores e outros equipamentos, ele deve contar com o detector de fumaça. Esse dispositivo é de extrema importância, inclusive no que diz respeito à detecção automática de incêndio e evacuação do local.

Quer saber como ele funciona, seus benefícios e demais detalhes a respeito do assunto? Então continue a leitura deste artigo!

O que é detector de fumaça?

O detector de fumaça é um dispositivo cuja função é detectar a presença de fumaça no ambiente. Assim que ele realiza essa identificação, envia um sinal de alerta para a central, que comunica o local exato do início do incêndio.

Essa comunicação é de extrema importância. Por meio dela, outro sinal é emitido automaticamente, o sinal sonoro e visual, assim os frequentadores do local são informados e devem procurar rotas de fuga imediatamente.

Quais tipos desse dispositivo existem no mercado?

Cada ambiente tem uma necessidade diferente, por isso é importante atentar para o tipo de detector de fumaça escolhido. O mercado oferece uma boa diversidade desses aparelhos, mas os mais comuns são o iônico, o fotoelétrico e o dual.

Detector iônico

O detector iônico tem um compartimento de cerâmica, que comporta uma pequena quantidade de material levemente radioativo. Essa substância mantém o ar ionizado, ou seja, munido de carga elétrica. As placas metálicas localizadas nas extremidades do dispositivo também são energizadas. Então, quando a fumaça entra em contato com esse compartimento, a corrente elétrica é interrompida e o alarme recebe o sinal.

Detector fotoelétrico

O detector fotoelétrico, por sua vez, é composto por um feixe de luz de alta sensibilidade, que nada mais é do que eletricidade transformada em luz. Então, quando a fumaça se manifesta pelo ambiente e passa por essa iluminação, o alarme é acionado imediatamente.

Detector dual

E, por fim, o detector dual atua com um sensor duplo, que abrange as funcionalidades tanto do aparelho iônico quanto do aparelho fotoelétrico. Por isso, é considerado o mais seguro e eficiente para a prevenção de incêndio.

Quais são seus principais benefícios?

O principal benefício do detector de fumaça é sua rapidez. Mesmo diante do menor vestígio de fumaça, ele logo aciona o alarme automaticamente e ajuda a prevenir o incêndio antes que ele comece ou se espalhe.

Desse modo, a integridade física das pessoas que estão no local e os bens materiais armazenados ali são totalmente resguardados. Acidentes, danos e perdas podem ser evitados com total segurança e praticamente nenhum prejuízo.

E então, esse artigo ajudou a entender um pouco mais sobre a funcionalidade do detector de fumaça? Você já conhecia todos esses detalhes a respeito do dispositivo? O local em que você mora ou trabalha possui um sistema de prevenção de incêndio? Comente e deixe sua opinião!

Adicionar comentário